Branding para advogados em 2021(Cores + Logo)

Neste artigo eu vou falar como funciona o branding para advogados e como você pode montar sua identidade visual, paleta de cores advocacia e ideias de logo.

Atualmente são 1.220.576 de advogados no Brasil. Sendo que é a primeira vez na história que as mulheres representam a maioria dos profissionais da advocacia brasileira.

Número de advogados no Brasil | Branding para advogados
Número de advogados no Brasil | Branding para advogados

Isso significa que seus clientes têm opções ao selecionar um advogado para suas necessidades jurídicas. 

Então, por que eles deveriam escolher você?

A resposta a essa pergunta está no branding (sua marca), uma parte importante de sua estratégia de marketing geral. 

O que o torna diferente, seus pontos fortes e atributos exclusivos como advogado culminam na criação de sua marca. 

Para atrair os clientes que mais precisam de você, você deve aproveitar o poder da marca para seu escritório. 

Alerta: marca é mais do que um simples logotipo. Você precisa investir tempo e energia em uma marca adequada para obter os resultados certos.

Branding para advogados em 2021:

Branding para advogados
Branding para advogados
  •  O que é a marca do escritório de advocacia?
  •  A importância de uma marca forte
  •  Como identificar e criar sua marca de escritório de advocacia
  •  Branding e recursos visuais: mais do que um logotipo
  •  Como seu esquema de cores reflete sua marca
  •  Usando recursos visuais em seu conteúdo
  •  Como promover a marca do seu escritório de advocacia
  •  Comece pequeno ao reformar a marca do seu escritório de advocacia

O que é a marca do escritório de advocacia?

Sua marca abrangente é a sobreposição da reputação de seu escritório no mercado com a promessa que você está tentando fazer a seus clientes. 

Em outras palavras, sua marca é a personalidade do seu escritório de advocacia. 

Isso inclui muitos elementos, como sua proposta única de valor e os valores de seu escritório.

A diferença entre um logotipo e uma marca

Logo criado para a Advocacia Viilas Boas #logo #logotipo #advogados # advocacia | Logotipo advocacia, Logo advocacia, Logotipo de advogado
Logo | Branding para advogados

Você pode estar se perguntando onde o logotipo e outros elementos visuais de sua marca se encaixam. 

Logotipos, web design, opções de cores e muito mais são a identidade de sua marca, os elementos visuais que distinguem seu negócio na mente de seus clientes. 

Isso ajuda a marca do seu escritório de advocacia a se destacar.

Você ainda deve ter uma presença clara e forte visualmente. 

Recomendo você a trabalhar com um designer gráfico ou especialista em marcas para criar um visual atraente e consistente.

Ter um visual profissional faz muita diferença.

Ilustrando a diferença entre a marca e a identidade da marca

image 99
Coca-Cola | Branding para advogados

Considere uma das marcas mais conhecidas do mundo: Coca-Cola. 

A mensagem abrangente da marca da empresa é renovar o mundo enquanto usa ingredientes sustentáveis ​​e constrói um futuro melhor para as pessoas que tocam. 

Na verdade, eles afirmam: “fazemos negócios da maneira certa, não apenas da maneira mais fácil”.

Eles comunicam essa marca ao mundo por meio de sua identidade de marca, que inclui seu logotipo, mensagens do site, materiais de marketing, esquemas de cores e muito mais. 

Quando você pega uma garrafa de Coca-Cola, você a reconhece pelo rótulo vermelho e pela fonte. 

Além disso, saber o que eles representam torna o alcance muito mais simples, certo?

Esse é o poder da marca. O sucesso é tanto que a marca Coca-Cola sozinha vale $80,83 bilhões.

A distinção entre sua marca e sua reputação

Anteriormente, falamos sobre como sua marca é a sobreposição da reputação de seu escritório no mercado e a promessa que você está tentando fazer a seus clientes. 

É importante entender que sua marca e sua reputação não são a mesma coisa, embora estejam intimamente ligadas.

Para seus clientes, sua marca comunica o que eles receberão quando trabalharem com você, o que é conhecido como promessa de sua marca. 

Sua reputação é a prova do que você pode fazer. 

Entendeu a diferença?

Por exemplo, sua reputação de ser um advogado bom e bem-sucedido pode aumentar o tráfego de referência para o seu site, mas é a sua marca que solidifica para o seu cliente que você é a escolha certa.

A importância de uma marca forte

Seu escritório de advocacia não é uma empresa mundial de bebidas que existe desde 1886.

No entanto, uma marca forte é tão importante para você quanto para a Coca-Cola. 

Possuindo uma marca forte:

  • Gera confiança: Uma marca forte é autêntica, transparente e focada no cliente, três coisas que geram confiança continuamente. Se um cliente pode confiar em você, eles serão leais a você.
  • Aumenta a lealdade: Cerca de 89% dos consumidores permanecem fiéis a marcas que compartilham seus valores. A única maneira de comunicar esses valores com clareza é por meio de uma forte marca de advogado.
  • Diferente frente a concorrência: Uma marca forte é perceptível e se destaca. Como resultado, você se destacará entre os mais de um milhão de outros advogados por aí.
  • Ajuda você a manter o foco: Com uma estratégia de marca clara, você manterá o foco na missão e nos valores do seu escritório. Você não perderá tempo ou dinheiro em esforços que não se alinham com o seu propósito.
  • Encoraja a conexão: Os consumidores tomam decisões de compra com base na emoção. Uma marca forte ajuda você a se conectar com seus clientes em um nível emocional, o que os inspira a entrar em contato

Como identificar e criar sua marca de escritório de advocacia

A marca do seu escritório de advocacia deve ser:

  • Consistente: Tudo, desde o seu logotipo até a maneira como você atende ao telefone, deve comunicar uma marca consistente. Se o seu site for formal, atenda o telefone de maneira formal. Se você é uma empresa moderna que visa clientes da Geração Z, seja mais casual em seu marketing. Tudo deve funcionar em conjunto de forma coesa.
  • Autêntico: Se você não é uma pessoa brincalhona e alegre, mas tenta forçar a brincadeira em sua marca, não vai funcionar. Seja quem você é. Se você forçar qualquer outra coisa, as pessoas verão através de você e não confiarão em você.
  • Autoridade: Os clientes querem o melhor advogado para eles e para suas necessidades. Sua marca deve comunicar sua autoridade dentro de seu nicho jurídico. Como resultado, você construirá confiança com seus clientes-alvo. Como você constrói autoridade? Aprenda tudo o que puder sobre as necessidades de seus clientes, resolva esses problemas e compartilhe sua experiência com outras pessoas.

5 etapas simples para identificar a marca exclusiva de seu escritório de advocacia

Identificar sua marca não é tão difícil quanto parece. Tudo que você precisa é de tempo dedicado para algum trabalho de reflexão. Se você tem uma equipe, envolva-os no processo. 

Vamos mergulhar em cinco etapas simples que você pode seguir para começar a identificar a marca do seu escritório de advocacia.

1. Defina o porquê

Como advogado, por que você faz o que faz? 

Isso vai muito mais fundo do que praticar a lei. 

Defina por que você escolheu essa prática, esse nicho e esses clientes. 

Também conhecido como a sua missão, o porquê será o roteiro para sua marca. Se algo não se encaixa no seu porquê, isso não pertence à sua marca.

Por exemplo, um advogado de divórcio pode dizer que sua missão é ajudar os clientes a encontrarem a esperança e o apoio de que as pessoas precisam para criar uma nova vida. 

O que quer que você escolha, certifique-se de que soa verdadeiro.

2. Defina o seu cliente ideal

Então pergunte a si mesmo, a quem você deseja servir? Embora seja fácil responder a isso com “todos”, isso está longe de ser verdade. 

Na realidade, você atende a um pequeno subconjunto de clientes que se beneficiarão mais com seus serviços. 

Quem são eles? Cabe a você decidir.

Comece criando uma persona do cliente, uma descrição do cliente ideal que você deseja servir. 

Liste os dados demográficos, motivações, objetivos, desafios e pontos fracos do seu cliente ideal. 

Lembre-se de que os objetivos, desafios e pontos fracos do seu cliente ideal devem estar alinhados com o que você tem a oferecer. Seu escritório deve preencher as lacunas.

Munido dessa personalidade, você será capaz de construir sua marca tendo em mente seus clientes ideais. 

Tudo, desde o conteúdo do seu site até a forma como você se comunica, atenderá às expectativas e será pessoal.

3. Descubra os valores do seu escritório de advocacia

Personal branding: como posicionar a sua marca pessoal? | Blog ManpowerGroup
Missão, visão e valores | Branding para advogados

Seus valores definem seu escritório, desde a maneira como você projeta a cultura até como você constrói sua marca. 

Eles são a base. Para definir seus valores, considere as metas que seu escritório deseja alcançar. 

Em seguida, selecione os valores que, se seguidos, o ajudarão a atingir esses objetivos.

Exemplo de valores para você pensar a respeito:

  • Construa nossa comunidade
  • Melhore o ecossistema
  • Agregue valor primeiro e depois busque o lucro
  • Aprenda e ensine
  • Pense de forma inclusiva
  • Faça um ótimo trabalho que sustente uma ótima vida

Depois de definir seus valores, comunique-os por meio da marca de seu escritório de advocacia. 

Ao tomar decisões sobre como seu logotipo deve ser ou como sua mensagem deve aparecer em seu site, lembre-se desses valores. 

Se algo não estiver alinhado, reformule.

4. Escreva sua proposta única de valor

Sua proposta única de valor é uma declaração que comunica os serviços que você oferece, como eles atendem às necessidades de seus clientes e o que o torna diferente da concorrência. 

Este PUV será um dos ativos mais importantes de sua marca, pois aparecerá em seus materiais de marketing e será a força motriz por trás de como você interage com seus clientes. 

Para definir sua PUV, responda a estas perguntas:

  • Quais serviços você fornece?
  • A quem você serve?
  • Que necessidades ou preocupações esses serviços resolvem?
  • O que torna seu escritório diferente dos outros?

Por exemplo, a PUV de um advogado de motociclistas que se acidentam pode ter a seguinte descrição: “Nosso escritório fornece aconselhamento jurídico e apoio a clientes que lutam contra a falta de respaldo do Estado por meio de colaboração, experiência e dedicação inabalável.”

É importante notar que seu PUV pode ser composto por algumas frases ou poucas palavras. 

O comprimento não é importante aqui. O que importa é que você possa comunicar claramente quem você é, de uma forma que inspire os clientes em potencial a entrar em contato.

5. Identifique a voz da sua marca

A voz de sua marca é sua personalidade única, comunicada por meio da linguagem que você usa em sua marca. 

Como seu cliente ideal deseja falar? 

Por exemplo, se você é um advogado de propriedade intelectual tentando atrair empresas iniciantes de tecnologia, pode escolher uma voz que demonstre autoridade e inovação. 

Se você é um advogado de direito da família com foco em divórcio e custódia dos filhos, uma voz calorosa e acolhedora, mas profissional, pode ser a melhor.

Selecione dois ou três adjetivos que descrevam a voz de sua marca. Conforme você avança, certifique-se de que seus materiais de marketing e comunicações com o cliente sejam consistentes com a voz de sua marca.

Criando sua identidade de marca

Logo e material de escritório para advogados | Cartão de negócios,  Materiais de escritório, Assinatura de email
Identidade visual | Branding para advogados

Agora que você tem a espinha dorsal da marca de um escritório de advocacia, é hora de mergulhar na criação de sua identidade de marca. 

Os componentes da identidade da sua marca incluirão:

  • Nome do escritório
  • Logotipo
  • Esquema de cores
  • Tipografia e fontes
  • Artigos de papelaria, como papéis timbrados e cartões de visita
  • Imagens
  • Conteúdo do site e blog

Documente e siga esses elementos de maneira consistente em todo o trabalho de seu escritório. 

A identidade de sua marca exclusiva pode exigir todos esses elementos ou apenas alguns. 

Recomendo começar com o logotipo do seu escritório de advocacia, pois é um dos ativos de marca mais usados. 

Assim que tiver um logotipo, prossiga para selecionar o esquema de cores e a tipografia. 

Lembre-se de que a cor evoca emoção, portanto, certifique-se de que as cores que você escolher reflitam a voz da sua marca. 

A partir daí, avance para criar um site, papelaria e muito mais.

papelaria para advogado - Ivancco DesignIvancco Design
Recursos visuais e papelaria | Branding para advogados

Embora seu logotipo seja o centro de seus esforços de branding, é apenas o começo.

Embora você possa ter desenvolvido um logotipo principal para seu escritório, é importante ter mais de uma versão dele para usar em diferentes cenários. 

O logotipo que você usa em seu site também pode não ser apropriado quando se trata de seus materiais impressos e perfis de mídia social e vice-versa.

Mas pode ser necessário usar um logotipo secundário se o espaço em uma página da web ou documento impresso for limitado. 

Algumas empresas, por exemplo, têm uma versão de seu logotipo que contém apenas uma imagem, em vez de incluir o nome da própria empresa. 

Isso permite que você mantenha a imagem de sua marca ao mesmo tempo em que atende às diferentes demandas de várias plataformas.

Como a paleta de cores na advocacia reflete sua marca

Psicologia das Cores Aplicada aos Negócios - NúcleoHub
Paleta de cores marcas | Branding para advogados

Embora muitos estudos tenham tentado encontrar os esquemas de cores aos quais os consumidores responderão melhor, as cores são extremamente conectadas aos sentimentos e experiências de cada pessoa e, portanto, esses estudos têm sido amplamente inconclusivos. 

De forma mais ampla, porém, parece que o impacto das cores sobre os consumidores depende dos tipos de produtos e serviços que a marca em questão oferece. 

Essencialmente, as cores que você usa devem se adequar às suas ofertas.

Em um estudo, os pesquisadores descobriram que as decisões de compra podem ser profundamente impactadas pela cor simplesmente porque elas têm um efeito enorme na forma como as pessoas percebem uma marca. 

A maioria dos escritórios de advocacia, por exemplo, opta por cores sóbrias ​​e tradicionais em vez de brilhantes e chamativos, já que costumam ter como objetivo estabelecer um senso de profissionalismo e autoridade em sua marca.

É fácil ver porque a cor é tão importante para a eficácia de uma marca. 

Um estudo da Universidade de Loyola descobriu que a cor aumenta o reconhecimento individual de uma marca em cerca de 80%, enquanto 92% dos consumidores pesquisados ​​disseram que priorizam os fatores visuais ao tomar decisões de compra.

Além disso, há evidências que sugerem que a cor aumenta a capacidade de lembrar algo, pois permite que o cérebro processe e armazene imagens de forma mais eficiente do que com imagens em tons de cinza.

Quando se trata de escolher o esquema de cores para sua marca, vale a pena observar os diferentes sentimentos aos quais certas cores geralmente estão associadas. Por exemplo:

  • Verde: esta cor mostra uma sensação de saúde, bem-estar e salubridade. Os exemplos incluem WhatsApp, Android e Starbucks. Os escritórios de advocacia com foco no direito da família podem querer usar o verde em suas marcas.
  • Vermelho: enérgico e ousado, essa cor está no centro de marcas como Coca-Cola e YouTube. As empresas focadas na legislação de danos pessoais podem usar vermelho se quiserem transmitir que lutarão agressivamente por seus clientes.
  • Preto: as marcas que usam o preto como cor básica geralmente desejam exibir classe, dignidade e sofisticação. Os exemplos são Adidas e New York Times. Muitos escritórios de advocacia empresariais e corporativos também fazem uso intenso do preto.
  • Azul: esta cor é usada para mostrar um senso de honestidade e confiabilidade. LinkedIn e Visa usam o azul no centro de suas marcas, por exemplo. Pode funcionar bem para um escritório de advocacia focado em planejamento imobiliário.

Inspirações para o seu logo de escritórios de sucesso

Separei 5 logos de escritórios renomados para você pegar uma inspiração para o seu.

1 – Siqueira Castro

image 95

2 – Mattos Filho

image 96

3 – Silveiro Advogados

image 97

4 – Martorelli Advogados

image 98

5 – Avelar Advogados

LogoHorizontalAzul.png

Usando recursos visuais em seu conteúdo

Existem várias maneiras de usar seu logotipo e recursos visuais para sua marca, incluindo em materiais impressos como papel timbrado, cartões de visita, brochuras. 

Você deve usar o mesmo logotipo (ou uma variedade padronizada dele) em todos esses materiais de marketing, pois isso o ajudará a reafirmar sua marca aos olhos de seus clientes atuais e potenciais, junto com seus colegas advogados e outros parceiros.

Os visuais também desempenham um papel significativo nas redes sociais, indo muito além do logotipo que você usa. 

Ao postar em seus perfis do Facebook, Instagram e LinkedIn, certifique-se de incluir fotos suas e de sua equipe, e você pode usar imagensque sejam relevantes para suas postagens. 

Postagens de mídia social que incluem recursos visuais têm taxas de cliques muito mais altas, pois as imagens chamam a atenção dos usuários e os encorajam a ler mais.

O mesmo vale para suas postagens de blog e esforços de e-mail marketing

Cada conteúdo que você cria e publica deve ter uma imagem associada a ele, seja uma foto do rosto do autor ou uma foto de algo relevante para o tópico do conteúdo. 

E, se você estiver envolvido em uma campanha de e-mail marketing, certifique-se de apresentar uma ou duas imagens em cada mensagem, pois isso aumentará a probabilidade de o destinatário realmente lê-la.

Os recursos visuais são a base dos esforços gerais de branding de seu escritório, e há muitas maneiras diferentes de usar seu logotipo, imagens e mensagens para transmitir o valor que você oferece aos clientes. 

Lembre-se de manter isso em mente ao continuar a desenvolver sua marca exclusiva e alcançar os clientes ideais em um mundo digital cada vez mais dinâmico.

Considere trabalhar com um profissional de branding de advogados

É impossível discutir todos os ativos da marca e seu design nesta página. 

Além disso, não sou designer. Apenas um apaixonado por branding e criar soluções que resolvam o problema dos clientes.

Eu sei o benefício de trabalhar com um profissional de branding de advogados, realmente vale a pena.

Claro, você pode seguir as etapas incluídas neste guia para começar por conta própria. 

Afinal, você conhece melhor seu escritório. 

Quando chegar a hora de criar seus ativos de marca, considere pedir ajuda. 

Um profissional de branding avaliará seu escritório de advocacia e conduzirá pesquisas de mercado para descobrir o que está funcionando para seu cliente ideal. 

A partir daí, eles o ajudarão a projetar ativos visuais, como seu logotipo e site.

Tudo isso parece desafiador? Você está pronto para entregar todo o processo? 

Um profissional de branding também pode ajudá-lo a construir sua marca do zero. Você não está sozinho nisso, a ajuda está disponível para você!

Como promover a marca do seu escritório de advocacia

Painel 1x0,65 Redes Sociais no Elo7 | Festa Expressa (A583F5)
Promover a marca | Branding para advogados

Conscientização da marca, a capacidade de seus clientes reconhecerem sua marca, é crítica para o sucesso do negócio. 

A única maneira de aumentar o reconhecimento é promover sua marca.

O resultado final: promova sua marca em todos os lugares e certifique-se de que ela seja usada de maneira consistente em todo o marketing jurídico.

4 dicas rápidas para promover sua marca: 

1. Vá aonde seus clientes vão

Você deve incorporar sua marca em tudo que seus clientes ideais podem ver online e offline. 

Lembra da persona do cliente ideal? Use-o para determinar onde seus clientes ideais gostam de sair. Quais canais de mídia social eles usam? Com que frequência eles estão em seus e-mails? Quais sites eles visitam com frequência em busca de inspiração, informação ou diversão? Onde quer que estejam, certifique-se de que sua marca também está lá.

2. Crie uma presença online

Segundo o Google, 88% dos consumidores que procuram uma empresa em seus dispositivos móveis ligam ou vão para essa empresa em 24 horas? 

Se você não está online e no celular, está perdendo potenciais clientes.

3. Publique conteúdo valioso

Os consumidores adoram um ótimo conteúdo que agregue valor às suas vidas (o Google também). 

Conforme você publica conteúdo online, como postagens de blog em seu site

Publicar conteúdo irá gerar tráfego para seu site e, ao mesmo tempo, aumentar a autoridade de sua marca em seu nicho.

4. Considere publicidade paga

Antes de anunciar certifique-se de ler o Código de Ética da OAB. Mesmo uma pequena campanha de anúncios pode ajudar a promover sua nova marca para clientes em potencial. 

A cada impressão, você está aumentando seu alcance.

Conclusão

Pensar em reformular sua marca (ou criar) pode parecer algo muito difícil. 

Mas lembre-se de que esse processo não acontecerá da noite para o dia. 

Construir uma marca forte levará algum tempo. 

Comece com algumas tarefas simples, como determinar seu cliente ideal ou fazer um brainstorming sobre o que torna seu escritório única. 

Essas vitórias rápidas irão inspirá-lo a seguir em frente. 

O que achou deste artigo de branding para advogados? Você já criou a sua marca? Qual o seu maior desafio, comente abaixo!

saraiva autor info

Gustavo Saraiva

É empreendedor digital, investidor e cofundador do Doutor Multas, sócio do Âmbito Jurídico e sócio da Evah. É colunista do UOL, JUS, Icarros e escreve para dezenas de portais, revistas e jornais.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *