Quer melhorar oratória? 10 lições de Martin Luther King Jr.

Martin Luther King Jr. foi um grande líder e um grande orador. Tenho uma grande admiração por ele e ao estudar o seu discurso aprendi 10 lições para melhorar a oratória.

Estou buscando melhorar minha oratória e ver o discurso “Eu tenho um sonho” de Martin Luther King Jr. é uma grande aula.

Se você quer melhorar a sua oratória também, leia até o final.

“Tenho um sonho que meus quatro filhos pequenos um dia viverão em uma nação onde não serão julgados pela cor de sua pele, mas pelo conteúdo de seu caráter.”

Martin Luther King Jr.

É provavelmente uma das citações mais famosas e inspiradoras de todos os tempos.

Quero compartilhar com você as lições de oratória que aprendi ao ver um dos maiores discursos da história.

10 lições de oratória de Martin Luther King Jr.

1. Conheça o seu “porquê” e “como”

“Tenho o sonho de que um dia esta nação se levantará e viverá o verdadeiro significado de seu credo – consideramos essas verdades evidentes por si mesmas: que todas as [pessoas] são criadas iguais.”

Martin Luther King Jr.

King sabia que o Movimento pelos Direitos Civis tinha um propósito maior até do que ganhar só direitos iguais para os negros americanos. 

Quer melhorar oratória? 10 lições de Martin Luther King Jr.- Martin Luther King, Jr. Day - Afropress
Quer melhorar oratória? 10 lições de Martin Luther King Jr.

Ele sabia que os EUA estava falhando em cumprir seu credo fundador e, além disso, que o país estava violando a lei de Deus ao valorizar os seres humanos de forma diferente com base na cor da pele. 

Para King, corrigir a violação dos princípios de Deus e da América foi o motivo pelo qual ele falou; mudar as leis do país para refletir esses princípios era como ele queria que as coisas mudassem.

As partes “porque” do discurso são as técnicas de persuasão como as listadas abaixo. 

“Eu tenho um sonho” usa quase todos elas.

  • Fatos, números ou estatísticas
  • Histórias ou ilustrações
  • Palavras ou frases repetidas
  • Citações de outras fontes
  • Apelos à emoção (pathos)
  • Linguagem inclusiva (por exemplo, usando “nós” em vez de “você”)
  • Empatia com o público (por exemplo, “Eu sei que você deve estar pensando…”, “Eu sei que você provavelmente está lutando com…”)
  • Resolvendo possíveis objeções
  • Alterar o tom, o tom ou o volume da voz de alguém
  • Suportes ou demonstrações físicas

As partes “como” são as chamadas para a ação. Chamadas para a ação eficazes:

  • Use verbos fortes. No discurso de King, os apelos à ação começam com os refrões “Nunca estaremos satisfeitos” e “Que toque a liberdade”.
  • Apele à emoção. Na seção “Nunca podemos estar satisfeitos”, King relata exemplos da vida real de injustiças que os americanos negros sofreram.
  • Explique o benefício para o público. No último parágrafo do discurso, King pinta um quadro de todo o país se tornando mais forte e melhor para fazer justiça aos negros americanos: “Quando permitirmos a liberdade soar … poderemos acelerar aquele dia em que todos os filhos de Deus … dêem as mãos e cantem as palavras do velho espiritual negro: ‘Finalmente livre, finalmente livre, graças a Deus Todo-Poderoso estamos finalmente livres!’ ”

2. Faça conexões pessoais

Martin Luther King Jr. não sonha apenas pelos EUA. Ele sonha para sua família: que seus “quatro filhos pequenos” cresçam em um país evoluído. 

É difícil fazer conexões pessoais, porque você quer que seu discurso inspire o público, não apenas discuta seu ponto de vista ou ambição pessoal. 

King faz isso com maestria. Abraçando a humanidade do seu público e a sua.

3. Reaja ao público

O legado de Martin Luther King | Estante Virtual Blog
Quer melhorar oratória? 10 lições de Martin Luther King Jr.

A seção “Nunca estaremos satisfeitos” estava, na verdade, no final dos comentários preparados de King. 

No entanto, logo depois de fazer essa parte do discurso, a cantora gospel Mahalia Jackson gritou da multidão: “Conte a eles sobre o sonho, Martin!”

Nesse ponto, King desviou-se do que havia escrito e lançou-se na parte icônica do discurso “Eu tenho um sonho” antes de voltar para a seção “Deixe a liberdade ressoar”. 

Isso mesmo: a parte mais famosa do discurso de King foi improvisada e espontânea! 

Isso só mostra que as apresentações ao vivo nem sempre acontecem como planejado – e às vezes para melhor!

Um ótimo discurso quase se torna uma conversa. Encontre uma maneira de incorporar o público.

4. Você pode acrescentar um pouco de poesia

Martin Luther King | Frases inspiracionais, Citações inspiracionais,  Citações famosas
Quer melhorar oratória? 10 lições de Martin Luther King Jr.

King usa a frase “Eu tenho um sonho …” 12 vezes durante seu discurso, incluindo nove vezes consecutivas para iniciar os parágrafos sucintos pelos quais é mais conhecida agora. É poético. 

Em alguns pontos, sua cadência e tom mudam a ponto de ele quase cantar as falas, em vez de simplesmente pronunciá-las.

5. Entenda seu público-alvo

De todas as formas de desigualdade, a... Martin Luther King - Pensador
Quer melhorar oratória? 10 lições de Martin Luther King Jr.

“Não me esquece de que alguns de vocês vieram aqui depois de grandes provações e tribulações. Alguns de vocês saíram recentemente de estreitas celas de prisão. Alguns de vocês vieram de áreas onde sua busca pela liberdade os deixou golpeados pelas tempestades da perseguição e cambaleando pelos ventos da brutalidade policial. ”

Martin Luther King Jr.

Você pode construir um discurso objetivamente bem escrito, mas se o público-alvo não se conectar com suas palavras, ele nunca terá o impacto que você espera. 

6. Pratique e refine

King era um orador incrível, mas esta não foi a primeira vez que ele entregou uma versão de “Eu tenho um sonho”. 

Na verdade, ele vinha usando variações da frase e do ritmo em várias aparições, e os historiadores encontraram recentemente uma gravação de um discurso muito semelhante – com o mesmo refrão – que ele havia dado em uma escola secundária em 1961.

Alegadamente, ele ficou acordado até as 4 da manhã da noite anterior ao discurso, reescrevendo-o novamente.

Não deixe que seu primeiro esforço seja aquele que você faz no palco principal.

7. Aprenda com os mestres

Antes de “Eu tenho um sonho”, King disse às pessoas que esperava fazer “uma espécie de Discurso de Gettysburg“, referindo-se,a outro incrível orador americano, Abraham Lincoln.

Estude e aprenda com os mestres.

8. Fale com autoridade moral

Martin Luther King | Frases construtivas, Pensamentos frases, Frases  interessantes
Quer melhorar oratória? 10 lições de Martin Luther King Jr.

Toda a carreira de 10 lições de oratória de Martin Luther King Jr. foi dedicada aos direitos civis, especificamente para afro-americanos. 

Seus discursos têm mais força no início porque se concentram em questões morais importantes.

9. Conte histórias

“Jamais estaremos satisfeitos enquanto nossos corpos, pesados ​​do cansaço da viagem, não puderem se hospedar nos motéis das rodovias e nos hotéis das cidades. Não podemos ficar satisfeitos enquanto a mobilidade básica do negro é de um gueto menor para um maior. Jamais estaremos satisfeitos enquanto nossos filhos forem despojados de sua individualidade e de sua dignidade por meio de cartazes dizendo ‘Somente para brancos’. Não podemos ficar satisfeitos enquanto um negro no Mississippi não puder votar e um negro em Nova York acreditar que não tem nada para votar ”.

Martin Luther King Jr.

Embora as histórias que contou fossem amplas, King deu um exemplo após o outro para ilustrar seus pontos. 

Ele contou histórias de brutalidade policial, bebedouros e banheiros segregados, negação de serviço em hotéis e restaurantes e muito mais.

Para contar histórias melhores, certifique-se de que sua história se relaciona com o tópico e seja breve.

10. Traga paixão para o seu discurso

A lucidez de Martin Luther King em 1967 – Portal da Casa Espírita Nova Era  – Blumenau – Santa Catarina – SC
Quer melhorar oratória? 10 lições de Martin Luther King Jr.

“Hoje digo a vocês, meus amigos, que apesar das dificuldades e frustrações do momento, ainda tenho um sonho.”

Martin Luther King Jr.

Acredito que a paixão e realmente acreditar naquilo que você está falando faz toda a diferença.

Dá para sentir no discurso isso. E, me fez lembrar uma palestra que vi no RD Summit em 2018 do André Siqueira.

Provavelmente uma das melhores palestras, se não a melhor daquele ano.

E, não foi por causa só do conteúdo mas sim, porque ele trouxe paixão e carinho trazendo a sua família ao palco.

Se você quer saber mais sobre quem foi Martin Luther King Jr. assista ao vídeo abaixo:

Você quer melhorar a oratória? Qual das 10 lições de Martin Luther King Jr. você mais gostou? Comente abaixo 🙂

Artigos relacionados:

Negocie como se sua vida dependesse disso: 9 lições de negociação

Comunicação não violenta: 11 melhores lições de Marshall B. Rosenberg

Você não é o seu pensamento

10 mini hábitos poderosos para praticar todos os dias

Como evitar a procrastinação em 2021 (5 dicas)

Como se tornar indispensável em 2021

Desafios de 30 dias: o segredo para começar bons hábitos

Falta de motivação: 8 causas e como remediar

Amor próprio: 10 dicas para aprender

saraiva autor info

Gustavo Saraiva

É empreendedor digital, investidor e cofundador do Doutor Multas, sócio do Âmbito Jurídico e sócio da Evah. É colunista do UOL, JUS, Icarros e escreve para dezenas de portais, revistas e jornais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.