Como criar um blog e fazer 100 mil reais por mês

Nesse artigo eu vou falar como criar um blog e fazer 100 mil reais por mês. Aprenda como começar um blog em apenas 7 passos e mude a sua vida. 

Siga este passo a passo simples e fácil e você vai descobrir como eu fiz para faturar mais de 15 milhões de reais pela internet, alcançar mais de 3 Milhões de leitores mensais, ser colunista do UOL e aparecer em matérias em mais de 60 jornais e revistas como o Estadão, Veja, e Quatro Rodas.

image 1
Como criar um blog e fazer 100 mil reais por mês 20

Abaixo estão os tópicos que eu vou abordar no artigo.

Como começar um blog em 7 passos simples:

  1. A minha filosofia para começar um blog
  2. Escolha o nicho do seu blog 
  3. Escolha o domínio do seu blog e hospedagem na web
  4. Instale o WordPress e escolha o tema do seu blog
  5. Instale 7 plug-ins do WordPress
  6. Crie conteúdo incrível
  7. Ganhe Dinheiro

Criei o meu primeiro blog há mais de 6 anos e isso mudou a minha vida.

gustavo-saraiva-doutor-multas
Como criar um blog e fazer 100 mil reais por mês 21

Fazer isso me permitiu conhecer muitas pessoas interessantes, formar uma equipe incrível, ser sócio de uma das pessoas mais especiais que eu conheço, viajar e me desenvolver. 

Mas, nem sempre foi assim.

Antes eu estava formado em direito… mas, não estava indo muito bem… foram muitas noites sem dormir e muita dor de cabeça…

Tudo parecia dar errado, até que eu descobri o mundo da internet e suas infinitas possibilidades.

E, hoje, eu quero compartilhar com você a melhor maneira que eu conheço de começar um blog (e em breve ganhar dinheiro com isso). 

Exame apresenta Crypto Week, maior evento de criptoeconomia do mundo | Exame

Vou compartilhar abertamente tudo que eu aprendi, sem esconder nada.

Assim, você não precisa fazer dezenas de cursos, ver centenas de vídeos, ler centenas de livros e já pode começar, hoje mesmo.

Existem muitos artigos sobre “como começar um blog”. Eles se concentram principalmente em qual empresa de hospedagem usar e como encontrar um tema para o blog.

Mas, essas são as partes fáceis. 

A parte difícil é fazer com que outras pessoas se importem com o que você escreve e ainda que isso possa desenvolver a sua carreira e a sua vida. 

“Começar um blog” é fácil. “Começar um blog que muda a sua vida” é difícil.

Mas é algo que todos podem e devem fazer.

Não importa em que área você está, se deseja ou não ser um empreendedor, ou se pretende ou não ganhar dinheiro com isso. 

Um site bem desenvolvido é seu currículo, é um investimento, sua máquina do tempo e seu segundo cérebro. 

Cérebro humano ainda é incomparavelmente mais avançado que um computador,  segundo pesquisas | cérebro | ciência | energia | Epoch Times em Português

Ajuda qualquer pessoa a saber mais sobre você, como você pensa e porque deve se importar. E para você, ajuda a esclarecer seus pensamentos, compartilhar o que você sabe e construir uma reputação.

Este é um artigo longo. Deve ser salvo, revisitado e digerido em partes. Farei o meu melhor para atualizá-lo com o tempo, conforme penso em novos tópicos a serem incluídos, ou conforme minhas idéias sobre o que fazer mudam.

Vamos começar?

1. A minha filosofia de como criar um blog

Choosing a Website for Your Video Blog

O segredo para criar um blog e mudar a sua vida é publicar o conteúdo mais incrível sobre o tópico que você está escrevendo.

Você pode ocasionalmente mudar sua vida com um artigo, mas é raro. Um blog é um projeto de longo prazo que exige que você continue trabalhando nele e publique conteúdo ao longo do tempo. 

Eu sigo uma filosofia de trabalho e de vida parecida com a do Ícaro de Carvalho no ponto em que ele fala sempre “me dêem 10 anos”.

Eu, também, acredito no trabalho de longo prazo, pois os grandes benefícios surgem do efeito composto. 

Nos últimos 6 anos eu já publiquei nos meus blogs mais de 2000 artigos. Teve períodos que publicava mais de 1 por dia. Isso é bem insano.

Você não precisa tentar copiar minha frequência, nem deveria. Você pode publicar 1 artigo por mês e está ótimo. Encontre uma cadência que funcione para você, para produzir um trabalho do qual você se orgulhe.

Só não pare. Continue, mesmo se no início quase ninguém estiver lendo. 

Para você ter sucesso com o seu blog, você precisa ter conteúdos excelentes e que eles façam a diferença na vida do leitor.

É muito difícil fazer isso em um artigo de 500 palavras, que provavelmente não será uma boa postagem.

A maioria das minhas acaba tendo pelo menos 1.000 palavras, muitas vezes mais de 2.000 palavras.

A outra razão para se concentrar em escrever textos mais longos é que isso condensa seu conhecimento de uma maneira mais útil para quem deseja aprender com você.

Foque na qualidade do conteúdo, sempre!

Até hoje, eu sigo essa linha e posso dizer para você que realmente funciona.

Quando você faz um trabalho incrível e escreve algo memorável as chances de dar certo são muito maiores.

Duas perguntas para você ter em mente ao produzir o seu conteúdo:

  • Esse é o tipo de página que você adicionaria aos favoritos, compartilharia com um amigo ou recomendaria a alguém?
  • Você esperaria ver esse conteúdo em uma revista, enciclopédia ou livro impresso?

2 – Escolha o nicho do seu blog 

Most Profitable Blog Niche Ideas To Make Money - Inshortweb

Um nicho de mercado é um segmento de um mercado maior que pode ser definido por suas próprias necessidades, preferências ou identidade que o tornam diferente do mercado em geral.

Por exemplo, no mercado de culinária existem muitos segmentos ou nichos diferentes. 

Culinária vegana seria um nicho de mercado, assim como culinária mediterrânea, ou culinária brasileira.

O nicho do seu blog é a área de tópico geral em que você escreverá o seu conteúdo. 

O segredo é você pensar primeiro sobre o que você quer escrever e para quem você quer escrever. 

Claro, todo mundo quer atingir o máximo de pessoas possível. Todo mundo quer causar um grande impacto, ganhar mais dinheiro e ser visto por milhões de pessoas. 

É, ai que a maioria das pessoas erram, tentam agradar a todos e acabam fazendo uma média, criando assim um conteúdo mediano.

E conteúdo mediano não agrada ninguém.

Aqui está o problema:

Quando você busca agradar todo mundo, raramente vai encantar alguém. E, se você não se tornar único, essencial para as pessoas, nunca será lembrado.

A solução é muito simples mas contra intuitiva, como aponta o gênio do marketing Seth Godin:

“Delimite o menor mercado que você possa imaginar. O menor mercado que pode sustentá-lo, o menor mercado que você pode atender adequadamente. Isso vai contra tudo que você aprendeu na escola do capitalismo, mas, na verdade, é a maneira mais simples de importar”.

Seth Godin

Só quando você fala para uma audiência específica você consegue realmente entender o público e causar um impacto. 

Você precisa se concentrar em apenas um grupo específico e então ignorar o resto. 

Por exemplo, se você for falar sobre como ganhar dinheiro com ações no longo prazo.

A ideia é você ignorar totalmente quem faz daytrade por mais que isso possa estar em alta, mas eles não são o seu público e nem você vai conseguir mudar a cabeça de quem pensa diferente.

Ironicamente, construir um muro vai fazer você crescer. 

Bom, ao escolher o seu nicho, pense em:

  • O que você quer ensinar.
  • Para quem você quer produzir o conteúdo
  • Porque você quer produzir esse conteúdo 

Para uma análise mais profunda, leia minha postagem completa sobre como escolher o nicho de seu blog e como criar uma linha editorial. 

LINHA EDITORIAL: Como Criar uma Linha Editorial Passo a Passo

Ao escolher um pequeno público (um micro nicho) você precisa verificar se é possível sustentar o seu trabalho nesse nicho. 

A ideia é escolher um público pequeno mas que seja viável financeiramente.

Indo um passo adiante: como saber se há uma oportunidade de negócio para o nicho do seu blog

Se você quer ganhar dinheiro com seu blog, também deve pesquisar um pouco para ver se há demanda de mercado para o seu nicho.

O que isso significa é: as pessoas estão pesquisando ativamente sobre o que você está escrevendo? E, você pode agregar valor e ajudá-los a resolver um problema?

Para criar um negócio a partir do seu blog, você precisa resolver um problema real para as pessoas.

Pegue o nicho do blog em que você está pensando e crie de 5 a 10 palavras-chave ou tópicos dentro desse nicho sobre o qual você escreveria. 

Portanto, se quisermos começar um blog sobre tocar violão, você pode escolher palavras-chave como “melhores livros de violão”, “como tocar violão”, “acordes de violão para iniciantes”, “qual violão devo comprar” e assim por diante.

Agora, vamos fazer uma pequena pesquisa de palavras-chave. 

Digite uma das palavras-chave acima em sua pesquisa do Google.

Se houver dezenas de milhões (ou mais) de resultados, isso é um indicador bastante forte de que as pessoas se preocupam com o seu tópico.

Mas, para ter certeza, gosto de usar uma ferramenta gratuita como o Twinword Ideas para verificar o volume de pesquisa mensal (quantas pessoas estão pesquisando por esse termo a cada mês).

Home - Twinword

Faça isso para cada uma de suas palavras-chave e observe os resultados.

Se todas as suas principais palavras-chave tiverem um volume de pesquisa mensal de 5.000 a 10.000, você definitivamente tem um nicho potencialmente lucrativo.

Se você superou isso, nas centenas de milhares de pesquisas mensais, pode querer ser mais específico com seu nicho, em vez de competir com sites muito maiores e estabelecidos em assuntos mais populares.

Analisar tendências de mercado

Como identificar tendências de mercado: pesquisas + 8 sites

Outra forma que gosto muito de analisar um nicho é fazendo uma análise de tendências. 

Isto é, eu busco analisar se é algo que está crescendo a demanda, se as pessoas estão mais interessadas e se as pessoas estão buscando mais no Google sobre o assunto. 

E, eu analiso não só tendências no Brasil, como em outros países também, principalmente nos EUA. Normalmente quando algo bomba nos Estados Unidos, acaba vindo a ser um sucesso no Brasil um pouco depois, também.

Para fazer essas análises eu uso normalmente algumas ferramentas.

5 ferramentas para fazer análise de tendência:

  1. Google Trends
  2. Exploding Topics
  3. Pinterest100
  4. Product Hunt
  5. Trends

3. Obtenha um nome de domínio e hospedagem na web

Gentileza - Por que hospedar seu site com a Hostgator?

Você precisa ter um nome de domínio para o seu blog.

Aqui estão algumas outras coisas a serem consideradas ao escolher um nome de domínio:

Seu nome deve ser memorável e não muito difícil de digitar.

Não confunda as pessoas com ortografia difícil, então mantenha o nome fácil de soletrar e pronunciar.

Evite usar números e hífens em seu domínio, pois isso pode confundir as pessoas.

Mantenha seu nome um pouco amplo, caso você precise mudar para um nicho adjacente.

Pode ser o seu nome ou então o da sua empresa.

Eu particularmente gosto de escolher nomes que sejam facilmente lembrados.

Como é o caso do doutormultas.com.br e do ambitojuridico.com.br.

Você já escolheu um nome? Agora o próximo passo é registrar o domínio

Como configurar o domínio (alteração de DNS) no Registro BR – Suporte  HostGator

Se for um domínio .com.br indico ir no Registro.br e pesquisar se o seu domínio está disponível.

Se estiver disponível você precisa fazer o cadastro é bem simples, e pagar o domínio que custa apenas R$40,00/ano.

Se for um domínio .com ou outro eu gosto muito do Godaddy no qual tenho alguns domínios registrados. 

Assim que tiver o domínio registrado, você precisará se inscrever para hospedagem na web.

Neste estágio, sua melhor opção é um plano de hospedagem na Umbler, na minha opinião.

4. Inicie um blog instalando o WordPress

Como instalar o WordPress em português passo a passo

Na minha opinião a melhor plataforma para você criar o seu blog é no WordPress. 

Eu digo isso, pois, sem nenhum conhecimento de programação, criei os meus blogs e já faturei milhões de reais.

Além disso, eu só recomendo o que eu realmente acredito.

Tem outras formas de criar um blog? Sim, tem outras plataformas.

Mas, o blog eu faria no WordPress, tanto é que criei esse blog no WordPress. 

E, o WordPress auto-hospedado é a melhor plataforma de blog para novos blogueiros.

As boas notícias? O Umbler instala automaticamente o WordPress com um clique direto do seu painel de hospedagem.

Assim você não precisa pagar alguém para configurar tudo, você economiza e tem um site muito bem instalado.

Uma das primeiras etapas para criar um blog é escolher o seu tema.

Existem muitos temas atraentes de WordPress para escolher, incluindo temas de blog gratuitos.

Escolha um tema para o seu blog WordPress

Os 66 Melhores Temas WordPress Gratuitos - Lista Completa 2022

Um tema WordPress é uma coleção de modelos, arquivos e folhas de estilo que ditam o design do seu blog.

No momento, seu blog pode ter a seguinte aparência:

Este é o tema padrão do WordPress e, no lado esquerdo, há um menu que ajuda você a mudar sua aparência.

Agora, existem duas opções quando se trata de temas:

Você pode obter um tema grátis com opções limitadas ou ir com um tema pago.

Eu recomendo que você escolha um tema do ThemeIsle para obter um tema bonito para o seu blog.

Veja como você pode instalar um novo tema para o seu blog WordPress:

Primeiro, faça login em sua conta do WordPress (página de administração).

Você sempre pode acessar sua página de login do WordPress indo para seudominio.com.br/wp-admin.

Uma vez logado, seu painel do WordPress se parece com isto.

Aqui, clique na opção “Aparência” do menu da barra lateral.

Em seguida, selecione a opção “Temas” na seção “Aparência”.

Para pesquisar as opções de tema que o WordPress oferece, clique no botão “Adicionar Novo” na parte superior da página.

Como você pode ver abaixo, há uma infinidade de temas gratuitos para você escolher.

Você pode rolar para baixo e visualizar quantos temas WordPress desejar antes de escolher um para o seu blog.

Para instalar um tema externo de um site como ThemeIsle, vá para “Aparência” – “Temas” e clique em “Adicionar novo”, carregue o arquivo zip e clique em instalar.

Feito.

Escolhendo o melhor tema WordPress (gratuito)

Os Melhores Temas WordPress Gratuitos Em 2021 Por VVerner

Quando você ainda é novo para começar um blog, geralmente não recomendo comprar um tema WordPress pago imediatamente.

Assim que você tiver algum tráfego e puder justificar o investimento, é recomendável escolher um tema premium com mais recursos e opções.

Por enquanto, porém, um tema complexo será uma distração de sua prioridade mais importante de trazer leitores para seu novo blog.

O WordPress vem com uma tonelada de temas gratuitos para escolher, então comece com uma das opções que você gosta em Aparência> Temas> Adicionar novo tema> Popular, sem gastar muito tempo com isso por agora.

Você sempre pode voltar e alterá-lo mais tarde.

Eu recomendo escolher Kadence WP, Hello Elementor ou Astra (todos 100% gratuitos, rápidos e com a capacidade de atualização posterior).

Esse meu blog foi feito com o tema Kadence. No meu novo blog sobre o DPVAT vou usar o Astra.

Eu gosto mais desses três temas rápidos do WordPress porque eles são nítidos, limpos, simples e permitem que você os configure sem a necessidade de investir em um tema pago, pois você está apenas começando seu blog.

Posteriormente, você pode avaliar mais dos outros temas do WordPress disponíveis ou atualizá-los para suas versões premium para obter mais recursos.

E se eu quiser escolher um tema WordPress diferente (ou mudar mais tarde)?

Se você deseja experimentar diferentes temas do WordPress para começar um blog, certifique-se de usar estes critérios para orientar suas decisões:

  • Simples de usar: muitos temas sofisticados vão além e comprometem a usabilidade.
  • Responsivo: a capacidade de resposta se refere a temas que garantem que seu blog tenha uma boa aparência em um laptop, smartphone e tablet. Mais pessoas usam seus telefones para ler blogs e o Google também prefere sites compatíveis com dispositivos móveis. Se você não tiver certeza se um tema é compatível com dispositivos móveis ou não, copie e cole o URL da página de demonstração do tema na página de teste de compatibilidade com dispositivos móveis do Google .
  • Suporta plugins: O verdadeiro poder do seu blog WordPress vem de plugins. Certifique-se de que seu tema seja compatível com todos os plug-ins populares.
  • Facilidade de SEO: SEO, ou otimização de mecanismo de busca, refere-se a quão bem o Google e outros mecanismos de pesquisa podem encontrar suas informações quando as pessoas as procuram. Alguns temas usam códigos volumosos que dificultam a leitura dos mecanismos de busca.
  • Suporte: Problemas acontecem e, quando acontecem, você pode pedir ajuda. Alguns desenvolvedores de temas gratuitos não oferecem suporte para seus produtos, portanto, tenha isso em mente.
  • Avaliações e reviews: procure temas com um bom histórico de avaliações positivas.

Por que o design é tão importante ao começar um blog

Efeito Halo: o que é e como evitar na avaliação de desempenho

Mesmo que você não se importe realmente com o design, seus leitores mudarão seu comportamento drasticamente com base nos recursos do layout do seu blog.

Na verdade, durante um estudo de 2012 do Google e da Universidade de Basel, os pesquisadores descobriram que os usuários julgam a beleza estética de um site e a funcionalidade percebida em 1/20 – 1/50 de segundo.

Além disso, graças a um pequeno preconceito psicológico chamado Efeito Aura, as pessoas estenderão esse julgamento a todos os aspectos do seu blog.

“Em menos tempo do que leva para estalar os dedos, os leitores decidem se devem ou não confiar em seu blog.”

Um bom design de blog gera confiança. Diz às pessoas que você se preocupa o suficiente com o seu blog para torná-lo bonito. Isso não significa que você precisa de animações malucas ou toneladas de fontes e cores. Na verdade, os melhores designs são simples, claros e fáceis de ler.

Depois de definir o tema certo para o seu blog WordPress, é hora de mergulhar no mundo dos plugins WordPress, para ajudar a desbloquear ainda mais personalizações e trabalhos de preparação para dar ao seu blog a chance de se tornar um negócio real.

5. 7 plugins essenciais do WordPress que você deve instalar no seu blog hoje

O Que É um Plugin WordPress?

Plugins são conjuntos de ferramentas que se integram ao seu site e estendem seus recursos.

Ao iniciar um blog, é importante escolher os melhores para SEO e velocidade do site.

Os plugins do WordPress desempenham um papel crucial no funcionamento do seu blog, e fazer com que os plug-ins mais essenciais sejam escolhidos o mais rápido possível é uma etapa importante que foi projetada para atender ao seu público e ter um bom desempenho para os mecanismos de pesquisa.

O que é um plugin do WordPress e por que eles são importantes?

O único problema com os plug-ins do WordPress é que existem literalmente milhares de plug-ins e ferramentas de blog diferentes para escolher.

Para ajudá-lo a cortar todo o ruído … estes são os plug-ins WordPress indispensáveis ​​para instalar quando você começar a blogar hoje:

  1. Yoast SEO : Quanto mais pessoas encontrarem seu conteúdo, melhor será o desempenho do seu blog. O plugin Yoast WordPress ajuda você a otimizar os títulos das postagens, as descrições, a extensão do conteúdo e outros elementos em todo o seu blog para que você possa ser encontrado mais facilmente pelos mecanismos de pesquisa.
  2. WPForms : você deseja que seus leitores possam entrar em contato com você facilmente, o que eu recomendo enfaticamente – pois isso incentivará outros blogueiros que desejam colaborar com você, uma oportunidade fácil de entrar em contato com você. WPForms é um plugin fácil de usar que permite arrastar e soltar formulários de contato em qualquer página do seu blog.
  3. Google Analytics Dashboard for WordPress : Este é um plugin do Google Analytics 100% gratuito que permite que você veja todos os seus dados analíticos relevantes diretamente no WordPress. Conecte o plug-in à sua conta do Google Analytics (você pode se inscrever para uma conta gratuita do Google Analytics aqui mesmo ) para descobrir quem está acessando o seu site, por quanto tempo eles permanecem e quais são as suas postagens mais populares no blog.
  4. UpdraftPlus : Novamente, às vezes as coisas dão errado em seu blog (e nem sempre estará totalmente sob seu controle). É sempre bom ter um plug-in de backup que salvará todo o seu trabalho duro regularmente, e este gratuito está bem acima dos demais.
  5. WP Rocket : sites mais rápidos têm melhor classificação no Google e proporcionam uma experiência melhor aos seus leitores. WP Rocket é um plugin que armazena suas páginas em cache, reduz o tamanho dos seus arquivos e faz muito mais para garantir que o seu blog carregue mais rápido para todos.
  6. MaxCDN : Falando em velocidade, MaxCDN faz imagens e outros elementos estáticos do seu blog carregarem mais rápido também, ganhando as melhores notas deste plugin para considerar como um complemento ao uso também do WP Rocket.
  7. Insira cabeçalhos e rodapés: às vezes, para editar seu tema, você terá que adicionar trechos de código ao cabeçalho ou rodapé (não é tão assustador quanto parece). No entanto, fazer isso no código do seu tema pode causar problemas. Este plug-in permite adicionar pequenos trechos de código facilmente para selecionar locais em seu blog.

Aqui está uma lista dos melhores que você deve adicionar ao seu blog:

1. Elementor Pro.

Elementor Pro é um construtor de página de destino do WordPress e é a ferramenta que usei para criar minha página inicial e página de sobre. Eles têm uma versão gratuita do Elementor, mas a versão Pro leva isso para o próximo nível com modelos muito melhores.

2. ShortPixel Image Optimizer.

ShortPixel compacta todas as suas imagens para que sejam arquivos menores e suas páginas carreguem mais rápido. Eu testei várias ferramentas de compressão de imagem diferentes, e ShortPixel tem sido o melhor.

3. WP Rocket

WP Rocket é um plug-in de velocidade de site tudo-em-um que pode fazer tudo, desde minimizar HMTL, CSS e JavaScript, integrar com seu CDN, reduzir o inchaço do banco de dados e muito mais. Eu tentei outras ferramentas de velocidade, como a otimização automática, e tive alguns problemas com isso. WP Rocket é o melhor, na minha opinião.

Você pode começar a usar o WP Rocket por US $ 49 / ano.

4. Yoast SEO.

Eu uso Yoast SEO para gerenciar meu sitemap, robots.txt, título da página e meta descrições.

6. Crie um conteúdo incrível para o seu blog

Como Escrever um Título de Blog que Cative Seus Leitores

Parabéns! Você iniciou um blog e está pronto para começar. Chegamos agora na parte mais importante.

Você não lê um blog porque tem uma boa aparência ou porque publica com frequência. (Embora ambos ajudem).

Você lê um blog porque se preocupa com o que ele diz. A criação de conteúdo de sucesso é o que trará leitores e ajudará você a, eventualmente, ganhar dinheiro produzindo conteúdo.

Antes de ir muito longe na criação, você precisa responder a uma pergunta simples … Por quê?

  • Por que você se preocupa com o tópico sobre o qual está escrevendo?
  • Por que outras pessoas deveriam ouvir o que você está dizendo?
  • Por que esse é um tópico ao qual você pode agregar valor?

Criação de uma estratégia de conteúdo para o blog

Tive a sorte de trabalhar para algumas empresas fantásticas e ser pago para aprender sobre a importância de ter uma estratégia de conteúdo para o seu blog.

Eu apliquei com sucesso essas mesmas lições em meu próprio blog – fazendo muitos ajustes e acréscimos ao longo do caminho.

Trabalho existente de atualização de estratégia de marketing de conteúdo

O que é uma estratégia de conteúdo de blog?

Veja como criar uma estratégia básica de conteúdo de blog hoje:

  1. Defina os objetivos do seu blog : Qual é o seu propósito para começar um blog? O que você deseja alcançar com o conteúdo do seu blog? Essa meta pode mudar conforme você expande seu blog, mas ainda é importante saber disso desde o início.
  2. Conheça os leitores do seu blog (e onde eles frequentam) : Seus leitores determinarão se o seu blog será bem-sucedido ou não. Para escrever para eles, você precisa realmente entendê-los – e é por isso que ajuda se você também estiver escrevendo para si mesmo. É útil para algumas pesquisas sobre o público para o qual você está escrevendo. Pense sobre os dados demográficos e psicográficos de seu público-alvo. Os dados demográficos são os traços quantitativos de seus leitores (idade, sexo, localização, cargo) e os psicográficos são os traços mais incomensuráveis, como valores, interesses, atitudes e sistemas de crenças. Depois de escrever essas qualidades, você pode começar a criar uma persona para o público – uma versão ficcional de seu leitor ideal.
  3. Decida os principais pilares de conteúdo do seu blog : Quando se trata de decidir sobre o que você vai escrever, é bom ter algumas categorias de orientação às quais você se referirá. Gosto de chamar esses pilares de conteúdo, pois são a base que sustenta o resto do seu blog. Por exemplo, se você está começando um blog sobre finanças pessoais, seus pilares podem ser: dicas de finanças pessoais, entrevistas com especialistas, notícias do setor, pagamento de dívidas ou outros. Cada um desses pilares pode ter centenas de postagens de blog escritas sob eles. Eles também trabalham juntos para mostrar que você é um líder inovador em seu nicho.
  4. Mapeie o conteúdo que você criará logo após iniciar seu blog : Logo após lançar seu blog, vale a pena reservar um tempo para planejar seu pipeline de conteúdo para as próximas semanas (possivelmente meses). Você nunca sabe quando sua primeira postagem no blog pode se tornar viral. Nesse caso, você vai querer ter pelo menos um plano de jogo para envolver rapidamente os novos leitores que conseguir. Para começar, basta apenas uma ou duas postagens de blog em cada um de seus principais pilares de conteúdo.

Já percorremos um longo caminho neste guia. Você aprendeu os aspectos técnicos até a publicação de seu primeiro post.

É hora de falar sobre o que acontece depois que você publica sua primeira postagem no blog … promovendo seu conteúdo, direcionando o tráfego e, eventualmente, ganhando dinheiro com seu blog.

7. Ganhe dinheiro com seu blog

Confira o passo a passo de como ganhar dinheiro com blog!

Compartilho isso não para me gabar, mas para que você entenda, eu sei do que estou falando quando se trata de começar um blog e ganhar muito com ele. Além disso, serei o primeiro a dizer que esses tipos de números de receita não são típicos dos blogs – e levei mais de 6 anos para chegar a esse ponto no meu negócio de blog.

Há um motivo pelo qual ganhar dinheiro com seu blog está no final deste guia para começar um blog.

A menos que você já tenha um grande público em algum lugar, você não pode esperar ganhar dinheiro imediatamente – a monetização não deve ser seu foco nº 1 no momento, mas sim algo pelo qual trabalhar.

Mesmo assim, é bom ter uma ideia de como você gostaria de ganhar dinheiro blogando ao entrar nessa nova aventura.

Algumas dessas estratégias de monetização serão mais fáceis de implementar do que outras enquanto o número de leitores ainda está crescendo.

1. Freelancing (vendendo seus serviços)

Se você deseja começar a ganhar com o seu blog o mais rápido possível, vender seus serviços (conseguindo empregos em blogs , escrevendo trabalhos freelance ou de outra forma vendendo sua experiência como um serviço) é de longe a opção mais fácil.

Na verdade, até muito recentemente, eu ainda era freelancer como um canal de monetização de blog para meu próprio negócio:

Tudo que você realmente precisa para conseguir um cliente freelance é um argumento de venda forte o suficiente, que é onde escolher começar um blog (primeiro) ajudará significativamente.

Você vai querer construir suas páginas principais (Sobre, Entre em Contato, Contrate-me) e apresentar pelo menos alguns exemplos do tipo de trabalho que você fez e para o qual logo estará promovendo clientes freelance.

Se você ainda não tem essas amostras de trabalho … não deixe que isso o impeça. Crie esses artigos de amostra, designs ou outros produtos e hospede-os em seu próprio blog como se fossem um projeto que você foi pago para produzir.

Se você tem uma habilidade que pode vender como um serviço, então você já está preparado para sair e começar a vender clientes em potencial. Essa habilidade pode ser algo como …

  • Escrita
  • Projeto
  • Fotografia
  • Marketing
  • Desenvolvimento (confira estes sites de empregos para desenvolvedores WordPress)
  • Relações Públicas
  • Gerenciamento de mídia social
  • Assistência virtual
  • SEO ou campanhas publicitárias pagas
  • Estratégia de negócios ou gerenciamento de projetos
  • A lista continua … porque qualquer habilidade pode ser monetizada

2. Programas de afiliados

Todos os meses, eu ganho uma quantia substancial de renda passiva dos programas de afiliados dos quais sou membro.

Como funcionam os programas de afiliados?

A maioria das maiores marcas possui programas de afiliados.

Pense em empresas como a Amazon, até os principais participantes em nichos específicos como educação online, onde marcas como CreativeLive e Udemy têm programas lucrativos.

Aqui está um instantâneo de meus ganhos recentes de apenas alguns outros programas:

Depois de construir um pequeno número de leitores, você pode sair e intermediar um acordo de afiliado mais vantajoso com empresas que têm produtos relevantes que deseja promover para seu público.

3. Conteúdo de blog patrocinado

A menos que você já tenha um público de tamanho decente em seu blog (ou contas sociais), levará algum tempo para aumentar seu número de leitores a um ponto em que o conteúdo patrocinado seja uma opção de monetização viável.

O que é conteúdo de blog patrocinado?

De quanto tráfego você precisa para conseguir patrocinadores de blog?

4. Cursos online

Depois de ter uma habilidade (ou experiência) que outros também querem aprender, é relativamente fácil agrupar seus melhores conselhos, estratégias, táticas e tutoriais em um curso online onde as pessoas podem pagar pelo acesso para acelerar seu aprendizado muito mais rápido do que, de outra forma, passariam pelo difícil processo de aprendizagem por tentativa e erro.

O que é ótimo sobre um curso online como um caminho de monetização para o seu blog (ou como fiz com a venda de livros para blogs também), é que você não precisa de um grande público para ganhar com os cursos online.

O mesmo acontece se você decidir escrever um ebook e vender esse produto digital para o seu público.

5. Anúncios tradicionais de blogs (redes de anúncios)

Eu costumava ter vários pequenos anúncios de blog exibidos em meu conteúdo (de uma dessas principais redes de publicidade de blog) que me renderiam cerca de US $ 1.500 a US $ 2.000 por mês em receita incremental, antes de desativar os anúncios em favor da otimização para outras fontes de receita.

Quanto posso ganhar com os anúncios do blog?

Quais são as melhores redes de anúncios para os blogueiros participarem?

Em suma, a publicidade tradicional de CPC ou CPM não se torna muito lucrativa (pelo menos como uma fonte viável de receita substancial do blog) até que você gere mais de 1 milhão de leitores mensais, então não é um grande canal de monetização para se concentrar o curto prazo.

Mas, quando você está começando um blog, pode ser uma das maneiras mais fáceis de ganhar dinheiro com seu tráfego sem muito esforço extra.

6. Patrocínios de podcast

Outra ótima maneira de começar a monetizar seu blog é lançando um podcast (simples) para seus leitores.

Você pode usar seu tráfego e números de ouvintes iniciais para reservar patrocínios de marcas que desejam atingir seu tipo de leitores e ouvintes.

Você pode até combinar ofertas de colocação de anúncios de podcast com postagens de blog patrocinadas em seu site para realmente melhorar o negócio.

E eu entendo que lançar um podcast enquanto você ainda domina os blogs soa como uma diversão, mas lembre-se de que um podcast pode ser tão simples quanto conversas casuais com outros blogueiros do seu setor.

7. Produtos físicos (comércio eletrônico) e ferramentas de software

Semelhante em conceito ao lançamento de um curso online para o público do seu blog, outra ótima maneira de monetizar o seu público é vendendo um produto físico ou ferramenta de software para as pessoas em sua comunidade – especialmente se você for abrir uma loja de comércio eletrônico (com o direito construtores de sites de comércio eletrônico ) para vender produtos relacionados às necessidades de seus leitores.

No final do dia, tudo se resume a resolver os problemas que os leitores do seu blog têm.

Resumo rápido de como iniciar um blog em 7 etapas fáceis

Para resumir, você precisa:
  1. Escolha o nome e o nicho do seu blog
  2. Coloque seu blog online (hospedagem na web)
  3. Projete seu blog com um tema WordPress gratuito
  4. Escreva sua primeira postagem no blog
  5. Promova o seu blog e obtenha leitores
  6. Ganhe dinheiro com seu blog

Você vai mudar o seu futuro hoje?

Agora, também quero saber como está sua jornada com o blog.

Me escreva ou faça perguntas nos comentários abaixo!

Artigos Relacionados:

85 melhores livros de negócios para ler em 2022

107 ideias de negócios 2022: Negócios em alta e lucrativos

O que é o metaverso? Devo me importar?

Copywriting: Guia completo +10M em vendas [2022]

O que são NFTs? Devo me importar?

Como criar uma marca de sucesso em 2022?

7 lições do livro A Startup Enxuta de Eric Ries

7 lições: livro Onde os Sonhos Acontecem de Robert Iger

7 lições do Livro De Zero a Um de Peter Thiel

Livro Trabalhe 4 horas por semana: 7 lições de Tim Ferriss

6 métricas do site que você precisa acompanhar (+ como melhorá-las)

Renda Passiva: como ganhar R$27.000/mês

Resumo do livro 10X: 6 melhores lições de Grant Cardone

7 lições do livro A estratégia do oceano azul de W. Chan Kim e Renée Mauborgne

Franquias Baratas e Lucrativas 2022: +245 opções

saraiva autor info

Gustavo Saraiva

É empreendedor digital, investidor e cofundador do Doutor Multas, sócio do Âmbito Jurídico e sócio da Evah. É colunista do UOL, JUS, Icarros e escreve para dezenas de portais, revistas e jornais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.